Remédios naturais que aumentam o desejo sexual masculino

Você pode realmente levantar a libido? Às vezes, não importa o quanto você se sinta atraído por alguém, não importa o quanto você a ame, não importa o quanto você esteja feliz em sua vida, sua libido pode ser ruim, causando estragos em sua satisfação pessoal.

Você pode estar muito cansado, estressado ou constantemente sem o estado de espírito certo e todos nós sabemos que o desejo sexual e ter uma vida sexual saudável é uma parte intrincada de viver um estilo de vida bem equilibrado.

Embora existam certamente comprimidos sintéticos para orientar o seu caminho de volta a uma vida sexual saudável, algumas pessoas preferem o caminho totalmente natural e, para isso, vamos mencionar uma série de remédios:

Raiz Maca

Embora tenha se tornado um aditivo popular, a raiz da maca que vem da família dos rabanetes, tem sido usada durante séculos nos Andes para aumentar a libido.

Um estudo de 2002 publicado na revista Andrologia deu 57 homens, ou 1,5 gramas de maca, 3 gramas de maca, ou um placebo por 12 semanas. Após oito semanas, homens que tomaram maca relataram maior desejo sexual.

Por outro lado, a maca alivia os sintomas da menopausa nas mulheres, reduzindo significativamente a frequência e a gravidade das ondas de calor e sudorese noturna.

Pramil: O produto pramil é uma pilula proibida, mais nos seculos passado era uma das unicas opções de remédio para ereção sexual. hoje proibido o produto muito raro encontrar no mercado quase impossivel.

Noz-moscada

Esta especiaria culinária popular tem sido usada na cultura indiana para aumentar o desejo sexual, enquanto na África, é conhecida como ” Viagra para mulheres “. De acordo com um estudo de 2003 publicado no Complementary BMC and Alternative Medicine, garante que a noz-moscada é benéfica no aumento dos comportamentos sexuais.

Fatores

Disfunções sexuais podem ser causadas por fatores psicológicos ou físicos ou ambos, embora sejam mais comuns em pessoas que abusam de álcool e drogas. Além disso, são frequentes naqueles que sofrem problemas de saúde, como distúrbios circulatórios ou mulheres com alterações hormonais que possuem pouca lubrificação vaginal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *